Softskills: as habilidades que te levarão ao sucesso

Por Alice Sosnowski | fev 15, 2017

sucesso

Você se formou na melhor faculdade do país, fez curso de MBA, especialização e até começou o mestrado. Tem competências técnicas na sua área que supera vários colegas de profissão. Fala 3 línguas e morou fora do país em uma breve experiência de voluntariado. Seu currículo é invejável e você provavelmente acha que está mais do que apto para assumir um cargo de liderança em uma empresa bacana ou montar seu próprio negócio.

Sinto informar que você ainda não está preparado. Pior: só vai estar realmente pronto quando passar pelos primeiros problemas e frustrações. E souber tirar deles, aprendizados e lições.

Pesquisas indicam que o sucesso duradouro está muito mais relacionado ao comportamento do que ao conhecimento técnico. Por isso, tantas pessoas entram num emprego por competência e saem por características comportamentais.

É só quando passam por experiências ruins que começam a trabalhar habilidades que estão fora do radar de crescimento profissional. Tratam-se das softskills (ainda não tão conhecidas, mas fundamentais para qualquer área profissional) que nada mais são do que características como Assertividade, Flexibilidade, Criatividade, Persuasão, Boa gestão do tempo, Liderança, Capacidade de Ensinar, Atitude Positiva, Empatia, Pensamento crítico e Trabalho em equipe, por exemplo.

Este conjunto de competências – que prefiro chamar de habilidades – não são mensuráveis, mas são capazes de melhorar o desempenho profissional e pode ser a diferença que falta para o seu sucesso.

E como desenvolvê-las? Sobretudo com autoconhecimento e disposição para mudar. Para isso, é preciso alterar hábitos, comportamentos e crenças, muitas delas construídas ainda na infância. Fácil não é. Mas é possível!

É preciso treinar novas habilidades como se fossem músculos na academia. Com disposição e disciplina. Todos os dias e em qualquer oportunidade, seja em casa, no trabalho ou na escola. Se coloque à prova falando em público, preste atenção nos sentimentos daquele colega que você normalmente ignora, ensine seu sobrinho uma atividade que você domina, faça coisas diferentes toda semana e se arrisque a mudar. Você vai ver que, aos poucos, estará alterando comportamentos, saindo do piloto automático, se transformando e evoluindo não apenas no aspecto profissional, mas também na vida!